Buscar
  • Illan Besen

Tome cuidado com o canto da sereia

Atualizado: 26 de Mar de 2019





A sereia é uma figura mitológica presente em diversas culturas. Trata-se de uma criatura híbrida (metade mulher, metade peixe), retratada por sua grande beleza e dotada de um canto verdadeiramente hipnotizante, características que fazem-na possuir um super poder de persuasão.


São muitas as lendas criadas em torno deste ser mitológico para personificar os aspectos do mar e seus perigos. Nestes retratos das sereias, elas seduzem as pessoas para as profundezas do mar ou ao encontro de temíveis obstáculos à navegação.


Em nosso folclore, temos a Iara, que através de sua beleza e voz doce, leva inocentes índios à morte, no fundo do rio Amazonas.


Na mitologia grega, Ulisses, competente navegante e guerreiro, ao encontro de um grupo de sereias próximo a ilha de Capri, tapou seus ouvidos e da sua tripulação com cera e os amarrou junto ao mastro. Dessa forma, obteve êxito, sem perdas humanas ou danos à embarcação.


Dos mares para o mundo financeiro, o canto da sereia é representado pelo discurso que encanta. Quem não quer altíssimas taxas de retorno, completamente livres de risco? Quando se vir numa situação como esta, faça como Ulisses: tape os ouvidos, segure seus instintos e enxergue o óbvio.





2,458 visualizações0 comentário